A fundição artística no Rio de Janeiro do segundo reinado (1840-1889)

  • Alberto Martín Chillón

Resumen

RESUMO

A fundição artística no Rio de Janeiro durante o Segundo Reinado aparece como um tema escassamente estudado pela historiografia e tradicionalmente entendido como um fenômeno quase inexistente, situado na tênue fronteira entre as “belas artes” e as “artes industriais” ou aplicadas”. Por meio deste artigo, mostramos com dados na sua maioria inéditos, como, apesar de não ser uma indústria consolidada nem muito produtiva, a fundição artística foi um fenômeno recorrente ao longo do século xix no Rio de Janeiro, com fundidores e obras relevantes que se inserem em um desejo de progresso e civilização dentro de uma reclamação pelo nacional diante da falta de encomendas, da falta de incentivos e de apoios.

Palavras-chave: Fundição artística, arte brasileira, século xix.

 

ABSTRACT

“The Artistic Foundry in Brazil During the Second Reign (1840-1889)”

The artistic foundry during the Second Reign in Rio de Janeiro appears as a theme scarcely studied by historiography and traditionally understood as a phenomenon almost nonexistent. Through this article we show, with unpublished documents, how, despite not being a consolidated or very productive industry, the artistic foundry is a recurring phenomenon throughout the 19th century in Rio de Janeiro, with important founders and works, which are part of a desire for progress and civilization within of a complaint by the national about the lack of orders, the lack of incentives and support.

Key words: Artistic foundry, Brazilian art, 19th century.

Publicado
2018-11-08